Filmes que gostamos

As nossas escolhas

 Filmes que não esquecemos 


Sobre Envelhecimento e Reforma

ENVELHESCÊNCIA

Um novo olhar sobre o envelhecimento

As pessoas que têm hoje mais de 50, 60, 70, 80 anos...estão a revolucionar a forma de envelhecer, são denominadas agelessa idade não as define. São indivíduos plenos de vitalidade, produtivos, influentes e saudáveis que estão redefinindo o que significa ser 'velho' nos dias de hoje.

O documentário Envelhescência, dirigida por Gabriel Martinez, relata as histórias de seis pessoas que confirmam amplamente o quanto esta fase da vida pode ser emocionante e prazerosa.



O Agente Topo

Rómulo, um investigador particular, é contratado por um cliente para investigar o estado de saúde de sua mãe, que mora em uma casa de repouso. Para cumprir a missão, ele contrata Sergio, um viúvo de 83 anos que deve entrar no asilo como agente espião. Lá, Sergio luta para cumprir sua missão e, inevitavelmente, começa a se envolver na vida dos moradores daquela casa. 

Filme indicado para os Oscares 2021,  mostra como nos relacionamos com os mais velhos, e como eles se relacionam uns com os outros. A vida num lar e a solidão que sentem...Vejam! 



Sobre Mudança

The way

O oftalmologista Tom Avery (Martin Sheen) e o seu único filho Daniel (Emilio Estevez) têm uma relação distante. Quando o rapaz viaja para a Europa para fazer o Caminho de Santiago de Compostela, acaba perdendo a vida num acidente, logo no primeiro dia do percurso.

Tom vai até França para recolher o corpo do filho. Ao chegar, num impulso, decide fazer o Caminho, completando o percurso que Daniel tinha começado e levando consigo as suas cinzas. Durante o caminho encontra companheiros que lhe vão mostrar que nenhum caminho deve ser percorrido sozinho.

Este filme é sobre o caminho interior, sobre a essência da vida e como o tempo de silêncio nos liga a essa essência, é sobre os relacionamentos de pai e filho, e de todos os outros: de nos relacionarmos com quem é diferente de nós, pois cada pessoa é única, e da forma como os relacionamentos nos tocam. 


The Shift

Com muita facilidade damos um passo para o ocaso da vida. Pior que isso, tomamos esse passo com o falso pressuposto de que as nossas verdades e os nossos ideais nos servirão como sempre nos serviram. Mas não podemos viver o entardecer da vida de acordo com o programa da manhã.

Confundimos o que temos com o que somos e pomos o nosso valor nas coisas que possuímos. E queremos mais e mais e mais...Mas se somos apenas o que temos, o que restará de nós quando isso desaparecer? Qual é o meu propósito? Como faço para o encontrar? Citando Leo Tolstoy no livro "A morte de Ivan Ilitch": "E se toda a minha vida tivesse sido um erro? "Não morras com a tua música ainda dentro de ti".

Estes são apenas alguns dos temas de reflexão que nos trás o Dr. Wayne Dyer neste filme /documentário "the Shift" - a Mudança.

Para ver quando estamos a caminhar para o acaso da vida ...ou em qualquer outra altura.