A nossa experiência em Joalharia

13-10-2021

Na primeira aula aprendemos o processo de design da peça em cera. Ao criarmos jóias, há uma relação muito íntima com o trabalho que estamos a fazer. Foram momentos de grande concentração. Sabemos que cada curva e linha é colocada lá com uma intenção, e a energia de cada criador da jóia foi dirigida para a sua peça. 

A Paula Vieira ensinou-nos também na primeira aula do workshop que todas seriamos capazes de criar uma jóia! A crença de que a criatividade é um talento inato, é o maior obstáculo à mesma. Realmente a criatividade pode ser aprendida e exercitada.

Na segunda aula aprendemos ainda mais que o oficio artesanal da joalharia exige muita paciência e minúcia. Fazer com que a jóia por nós criada ficasse mais bonita e perfeita exigiu de cada uma mais trabalho. Explorar o glamour e requinte de se fazer uma jóia à mão, uma jóia verdadeiramente única e com o cunho pessoal de cada um, foi fantástico e teve um impacto positivo no nosso humor!

A criação duma joia artesanal feita à mão, foi desde a fantasia, passando pela criatividade, pela técnica e terminou numa invenção muito especial para cada uma de nós. Joalharia artesanal é arte e oficio, sem dúvida alguma!

Por último, e não menos importante, foi o convívio e a boa disposição que se gerou entre os membros participantes, a vontade de explorar interesses comuns entre os membros da Transições ficou bem espelhado nesta atividade!

Ficámos todas com vontade de repetir e aprender mais sobre as técnicas de joalharia artesanal! Um obrigada muito especial à Paula Vieira!

Cristina Nogueira Ramos