Desafio Reflexos


Caros amigos da Transições vamos começar a lançar regularmente Desafios Fotográficos temáticos com as seguintes regras:

- Desafios fotográficos temáticos, com a duração de 60 dias para TODOS os membros da Transições.
- Os participantes podem apresentar até 3 trabalhos, de preferência variados, mas sempre respeitando o tema proposto.
- Juntamente com a apresentação do trabalho, deve incluir um pequeno texto (pode ser uma frase) onde expresse o que o levou a fazer a foto, o que mais o atrai na foto, ou o que ela lhe transmite.
- Durante o período dos 60 dias, irão sendo expostas no site anonimamente.
- No final dos 60 dias, e durante 30 dias, os membros da Transições (todos os que queiram participar e não apenas os participantes no desafio) poderão votar nas 3 fotos que gostaram mais (3 pts para a 1ª, 2 pts para a 2ª e 1 pt para a 3ª). O objetivo desta votação é levar as pessoas a observar a e pensar o que mais lhe agrada nas fotos. Em resumo, começarem a aprender a "ler" uma foto.
No final do desafio (90 dias) serão divulgadas as 3 fotos mais votadas e os autores de todas as fotos.

Então aqui vai o primeiro desafio:  

Tema: Reflexos

Descrição: Usar reflexos na fotografia pode levar a alguns efeitos incríveis e belas imagens. Usar água, janelas, espelhos ou qualquer tipo de superfície reflexiva pode transformar uma imagem em uma obra de arte.

A vantagem de usar reflexos ao tirar fotos é que eles podem alterar completamente a imagem, de algo bastante simples para algo mais rico ou abstrato ou mais artístico.

Mail para envio das fotos e textos: fotografia@transicoes.pt

Data-limite para envio dos trabalhos: 14/Abril

Datas para votação: 15/Abril a 15/Maio (enviar a votação para fotografia@transicoes.pt)

Apresentação dos resultados: A partir de 17/Maio

Jorge Gonçalves Silva
Dinamizador da Comunidade de Fotografia
22 de Fevereiro de 2024


As contribuições dos nossos membros

Foto 1
Foto 1

Portas do Ródão

Estava um dia magnífico e quente de Verão e as águas do Tejo estavam um autêntico espelho como se pode verificar na imagem. Foi irresistível capturar este reflexo em foto! 

Foto 4
Foto 4

A água é mesmo propícia aos reflexos mas, por vezes, os bicos dos repuxos do pequeno lago que, tantas vezes contribuem para bonitas fotografias, neste caso, é o vento que tem influência na água e leva a que a imagem dos bicos fique tremida. Mas logo, logo, a serenidade da água vai chegar.  

Foto 9
Foto 9

Hoje senti que era a altura de olhar para as palmeiras e sentir que altas elas estão...
o vento não se faz sentir, as palmeiras não balançam, e a água existente nos lagos mal faz ondas. Por isso olhei para o lago e vi que o céu está cinzento...Talvez amanhã possa tirar uma foto com reflexo ao sol. 

Foto 13
Foto 13
Foto 14
Foto 14
Foto 19
Foto 19

Dois reflexos valem mais do que um  

Foto 22
Foto 22

Vaticano - Depois de uma santa chuvada e depois de ver/ouvir o Papa. Um mini tripé e poucas pessoas na rua foi o suficiente para fazer a foto.

Foto 25
Foto 25

Meu caminho - Vila Nova de Arosa

Foto 29
Foto 29
Foto 32
Foto 32

Cavalos de vidro - Dia de tédio com máquina fotográfica em riste

Foto 2
Foto 2

O meu bebé de quase 3 anos. Adora estar à janela, umas vezes com ar relaxado, outras muito atento e alerta. Um destes dias apanhei-o com o seu próprio reflexo na janela.

Foto 5
Foto 5

Esta foto foi tirada numa barragem. Mais do que o óbvio reflexo da casinha na água, que lhe dá um ar geométrico, o que me saltou logo à vista foi o reflexo da minha própria sombra, como se de uma carta de jogar se tratasse. Eu chamei-lhe a Dama de Espadas.

Foto 6
Foto 6

Os meus gatos gostam de ir beber água ao tanque e eu adoro andar de câmara em punho a brincar com os seus reflexos. Este era um dia de neblina que trouxe uma luz e um brilho especial a este gato tão especial.  

Foto 10
Foto 10

Mourisca de Setúbal, Reserva Natural do estuário do Sado, sítio para observação de aves muito recomendável.  

Foto 11
Foto 11

Feira da Ladra, Lisboa: De pernas para o ar.  

Foto 15
Foto 15
Foto 16
Foto 16

Bem, depois vieram uns artistas, a que chamo de patos bravos, que só não acabaram na panela porque não levei a arma, mas não deixaram de estragar o reflexo .  

Foto 20
Foto 20

Casal unido, a olhar no mesmo sentido 

Foto 23
Foto 23

Pequim - Num engraçado jogo de gato e de rato, com a polícia, lá conseguimos fazer a foto. Quando a polícia estava do outro lado do Centro de Artes nós íamos um pouco mais para a frente para ficarmos com uma foto "limpa". 

Foto 26
Foto 26

Meu caminho – Pontevedra 

Foto 30
Foto 30

Dubai - Passeio nos bairros Deira e Bur Dubai onde se encontram os Souks mais famosos da cidade

Foto 3
Foto 3

Uma composição artística criada propositadamente para responder a este desafio. 
Uma foto mais cuidada que as outras com o objetivo claro de apanhar um objeto refletido. Porquê o carro antigo? Porque o dia estava frio e cinzento e senti-me nostálgica. Quis transmitir um sentimento e não apenas uma imagem.

Foto 7
Foto 7

As fotos de pôr do sol que mais gosto não são as mais explícitas ou as mais redondinhas. Gosto quando o sol manifesta a sua presença noutro sítio como é o caso deste céu refletido num tanque de rega. O que me atraiu nesta foto foi o dramatismo destas cores que só um sol de inverno consegue. 

Foto 8
Foto 8

Os reflexos é algo que tem de se fazer sentir tal como se fosse num espelho. Tentei falar ao vento para não se fazer sentir, mas lá colaborou comigo e fez sentir a sua quietude e consegui tirar umas quantas fotos. Achei está a adequada pelo enquadramento e pelas cores, onde o verde é predominante.

Foto 12
Foto 12

Serralves no Verão - Reflexo verde

Foto 17
Foto 17
Foto 18
Foto 18

De longe, vi vaquinhas vestidas... 
De perto, era roupa colorida, estendida no arrozal. 

Foto 21
Foto 21

Bruges - Uma das muitas fotos tiradas depois de jantar. Bastava meter a máquina num qualquer parapeito de uma qualquer ponte e esperar uns segundos.

Foto 24
Foto 24

Um novo começo - Penacova

Foto 27
Foto 27
Foto 28
Foto 28
Foto 31
Foto 31

Douro, Folgosa - Almoço em esplanada com vista de sonho